Serviços mínimos na greve: Professores falam em "atentado à democracia"

Serviços mínimos na greve: Professores falam em 'atentado à democracia'
Margarida Davim 18 de junho de 2018

O Governo quer decretar serviços mínimos à greve das avaliações, que registou hoje, segundo os sindicatos, uma adesão de 95%.

Os sindicatos de professores receberam hoje uma convocatória para uma reunião amanhã às 15h na DGAEP (Direcção-Geral da Administração e Emprego Público). Em cima da mesa vai estar um pedido do Ministério da Educação para decretar serviços mínimos para a greve às avaliações a partir do dia 2 de Julho. Mas os sindicalistas avisam já que estão contra.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais