Membro do Opus Dei na direção do Chega. E diplomata com passado oculto

Membro do Opus Dei na direção do Chega. E diplomata com passado oculto
Alexandre R. Malhado 24 de setembro de 2020

O novo vogal da direção Pedro Frazão, que tem assessorado o Chega na AR, é supranumerário do Opus Dei.

O líder do partido chegou a acenar com uma nova demissão do cargo, para choro e pânico de muitos dos militantes presentes. Apresentou pela terceira vez a sua lista a votação no fim de domingo ela foi aprovada com 247 votos favoráveis e 26 contra, num universo de 273 votantes. A nova direção tornou-se então mais académica e cristã, em comparação com a anterior. O professor universitário e investigador Gabriel Mithá Ribeiro, com posições públicas contra o que chama "vigarice antirracista", e o diplomata reformado António Tânger Correia são os dois novos vice-presidentes do Chega.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais