Macron vai estar nas comemorações portuguesas da Batalha de La Lys

Lusa 29 de março de 2018
As mais lidas

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, confirmou hoje que o presidente francês, Emmanuel Macron, vai participar nas comemorações do centenário da participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, confirmou hoje em Paris que o presidente francês, Emmanuel Macron, vai participar nas comemorações do centenário da participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial.

Questionado pela Lusa se confirma a presença do chefe de Estado francês nas comemorações do centenário da Batalha de La Lys, o ministro respondeu com um simples "Sim" e não indicou em que dia Emmanuel Macron estará presente.

As celebrações vão decorrer de 08 a 10 de Abril.

Augusto Santos Silva, que se encontra numa missão de diplomacia económica em Paris, também confirmou que a "delegação portuguesa [será] chefiada pelo presidente da República" e respondeu que a importância da presença de Emmanuel Macron "é a maior".

"Em 2018, estamos a comemorar o centenário do fim da Grande Guerra. A Grande Guerra foi a primeira experiência de quão dramática pode ser a divisão entre os estados europeus. Morreram milhões de pessoas, foi uma guerra total, uma guerra absolutamente sanguinária semeada por divisões entre os europeus", afirmou.

O ministro acrescentou que "essa experiência de divisão teve um segundo episódio ainda mais sangrento na Segunda Guerra Mundial", mas disse que "felizmente" os europeus aprenderam com isso e sublinhou que "graças ao projecto europeu" se vive, há 70 anos, "em paz uns com os outros".

Santos Silva não deu indicações sobre a agenda da delegação portuguesa, mas, de acordo com o vereador executivo na câmara municipal de Paris Hermano Sanches Ruivo, o presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa, vão acender a tocha no Túmulo do Soldado Desconhecido debaixo do Arco do Triunfo,em Paris, a 8 de Abril.

De acordo com um projecto de resolução da Assembleia da República, que segundo a Constituição tem de autorizar as suas ausências do território nacional, Marcelo Rebelo de Sousa irá a França entre 08 e 10 de Abril, para participar nas comemorações do centenário da Batalha de La Lys, que é considerada a mais trágica para o Corpo Expedicionário Português (CEP).

A 9 de Abril estão previstas, como todos os anos, cerimónias no cemitério militar português de Richebourg l'Avoué e junto ao monumento aos mortos da Primeira Guerra Mundial em La Couture, no norte de França.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais