João Rendeiro já tinha previsto o suicídio como possibilidade última

João Rendeiro já tinha previsto o suicídio como possibilidade última
Sandra Felgueiras 13 de maio

O ex-banqueiro do BPP foi encontrado morto dentro da cela na prisão de Westville, na África do Sul.

João Rendeiro já tinha previsto o suicídio como possibilidade última, caso perdesse o processo de extradição. De acordo com informações recolhidas pela SÁBADO, terá mencionado a possibilidade aos mais próximos, e não admitiria nunca vir para Portugal.

Fontes próximas de João Rendeiro não compreendem o que terá precipitado a decisão do ex-banqueiro. Só admitia o suicídio como última possibilidade, caso perdesse o processo de extradição. Rendeiro referia "verdade ou morte" e considerava-se alvo de injustiça, particularmente quando comparava o seu caso com o de outros banqueiros como Ricardo Salgado. 

As autoridades sul-africanas abriram uma investigação à morte. O ex-banqueiro do BPP foi encontrado morto dentro da prisão de Westville, em Durban, onde aguardava a decisão sobre o processo de extradição para Portugal. Citada pela agência Reuters, a advogada June Marks adiantou que o ex-banqueiro foi encontrado enforcado na cela. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais