Incêndio em Miranda do Corvo põe habitações em risco

Lusa 12 de agosto de 2017
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 22 a 28 de julho
As mais lidas

A Câmara de Miranda do Corvo ativou hoje o Plano Municipal de Emergência devido ao incêndio "de grandes dimensões" que lavra na freguesia de Semide

Incêndios: 26 concelhos em “risco máximo”
Três bombeiros hospitalizados ainda em estado grave
Cinco incêndios em curso em Portugal continental
Incêndios: 26 concelhos em “risco máximo”
Três bombeiros hospitalizados ainda em estado grave
Cinco incêndios em curso em Portugal continental

A Câmara de Miranda do Corvo activou hoje o Plano Municipal de Emergência devido ao incêndio "de grandes dimensões" que lavra na freguesia de Semide e que coloca "em risco" diversas casas de cinco aldeias, anunciou a autarquia.

"O Plano Municipal de Emergência de Miranda do Corvo foi activado às 18:00, devido ao incêndio de grandes dimensões que lavra na Freguesia de Semide e que coloca em risco diversas habitações nas aldeias de Canas, Chãs, Vale de Colmeias, Cimo de Vila e Lata", indica a autarquia, em comunicado.

Fonte da Câmara disse à Lusa que o incêndio começou no concelho de Coimbra, mas evoluiu rapidamente para Miranda do Corvo, tendo subido a encosta da Estrada da Beira.

Segundo a GNR, o fogo teve origem na freguesia de Torres do Mondego (concelho de Coimbra), estando cortada nos dois sentidos a Estrada Nacional 17 (Estrada da Beira), entre Ceira e São Frutuoso.

A página da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), consultada cerca das 19:15, indica que este fogo está a ser combatido por 211 operacionais, apoiados por 57 viaturas e 3 meios aéreos.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais