Falta localizar um dos migrantes desaparecidos de hostel com 136 infetados

O requerente de asilo foi encaminhado para o hospital para ser testado à covid-19. Dois dos seis refugiados que estavam desaparecidos estão no Reino Unido e um em Espanha.

Foi localizado, esta segunda-feira, mais um dos refugiados desaparecido que estava a habitar o hostel em Arroios, Lisboa, onde foram detetados 136 casos positivos de coronavírus. Uma equipa do SEF detetou este migrante que foi encaminhado para o Hospital São José, em Lisboa, depois de ter sido contactado o INEM. Fonte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) explica à SÁBADO que dois dos migrantes desaparecidos estão no Reino Unido e um está em Barcelona desde o início de fevereiro. Resta assim ao SEF detetar o paradeiro de um dos habitantes do hostel dos seis que estavam desaparecidos. 

Na passada quarta-feira, 29 de abril, tinha sido encontrado um refugiado que foi testado nesse mesmo dia. O resultado do teste foi negativo.

O hostel, localizado na rua Morais Soares, na freguesia de Arroios, foi evacuado no domingo, 19 de abril, devido a um caso positivo da doença. Foram testados os 189 ocupantes do hostel e funcionários e detetados 136 casos positivos, todos entre os moradores.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais