EMEL: Estacionar em Lisboa vai ficar mais caro

EMEL: Estacionar em Lisboa vai ficar mais caro
Diogo Barreto 15 de julho de 2019

A EMEL vai passar a ter dois novos tipos de zonas (castanhas e pretas). Famílias com crianças até aos dois anos vão ter direito a um lugar reservado à porta de casa.

As famílias que residem em Lisboa e que tenham três ou mais filhos, em que pelo menos um deles tenha menos de três anos, vão ter direito a um lugar reservado para estacionar à porta de casa, anunciou o vereador da mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa, Miguel Gaspar.

Outra das novidades da EMEL é que o primeiro dístico de residente para um carro será gratuito enquanto até ao momento o preço era de 12 euros. O novo regulamento visa sobretudo "melhorar a disponibilidade de estacionamento na via pública para os residentes", vincou Miguel Gaspar, citado pela Lusa.

O primeiro dístico de cada agregado passará a ser gratuito e para os cidadãos que só pedem um dístico também "vai deixar de ser pago", abrangendo cerca de 50% das famílias. Por outro lado, "o terceiro dístico vai ficar mais caro" nas zonas de Lisboa onde há "maior pressão de estacionamento" e as famílias numerosas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais