Diogo Faria assume que só ele e Francisco J. Marques acediam aos emails num computador exclusivo

Record 29 de março de 2019

Testemunha ouvida na 4.ª sessão do julgamento da ação do Benfica contra o FC Porto.

Diogo Faria, comentador no Porto Canal e co-autor, juntamente com Francisco J. Marques, do livro Polvo Encarnado, foi ouvido esta sexta-feira, na 4.ª sessão do julgamento da acção do Benfica contra o FC Porto devido à divulgação dos emails, e admitiu ter sido colega de turma de Rui Pinto, mas diz não manter qualquer contacto com o hacker desde 2013.   

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais