Dezenas de migrantes resgatados pela Força Aérea Portuguesa

Lusa 29 de maio de 2017
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 4 a 10 de março
As mais lidas

A embarcação foi detectada pela tripulação de uma aeronave C-295 da Força Aérea Portuguesa

Um grupo de 34 migrantes a bordo de uma embarcação que explodiu no mar Mediterrâneo foi resgatado numa operação comandada pela tripulação de uma aeronave C-295, divulgou esta segunda-feira a Força Aérea Portuguesa (FAP).

LUSA
Segundo a FAP, os 34 migrantes foram todos resgatados "com sucesso" e encaminhados para terra em duas embarcações espanholas, a "Guardamar Polimnia" e a "Salvador Alcor".

Em comunicado, a FAP adianta que a embarcação foi detectada pela tripulação de uma aeronave C-295 da Força Aérea Portuguesa, ao serviço da agência europeia de controlo de fronteiras, Frontex.

A embarcação "sem razão aparente explodiu, tendo os seus tripulantes ficado à deriva no mar", descreve a FAP.

Após a explosão, a tripulação do C-295 "assumiu o comando das operações de resgate no local, tendo lançado um bote salva-vidas e coordenado, com conjunto com o Centro de Busca e Salvamento de Almeria, Espanha, o encaminhamento de vários meios de socorro", que incluíram um pesqueiro e um helicóptero de salvamento, é referido.

Segundo a FAP, o "kit" de salvamento lançado pela aeronave C-295, da Esquadra 502, "permitiu salvar grande parte dos migrantes" que, antes da chegada do helicóptero e dos meios marítimos, apenas contavam com o bote salva-vidas.

O destacamento português opera a partir da Base Aérea de Málaga, em Espanha, onde estará até ao final de Junho. Neste destacamento, a Esquadra 502 - "Elefantes" - está a monitorizar situações de narcotráfico, de imigração ilegal e de poluição marítima pretendendo promover a estabilidade e a segurança em todo o Mar Mediterrâneo.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais