Covid-19: Máscaras sociais com certificação falsa vendidas por dezenas de empresas

Covid-19: Máscaras sociais com certificação falsa vendidas por dezenas de empresas
SÁBADO 29 de abril de 2020

Grande parte das empresas nunca pediu certificação ao Citeve, único centro com protocolo com o Infarmed e a DGS para certificar a qualidade destes equipamentos de proteção individual.

Centro Tecnológico das Indústrias do Têxtil e do Vestuário (Citeve) assegura que muitas das máscaras sociais colocadas à venda para combater a pandemia de covid-19 "podem não cumprir parâmetros fundamentais para que a proteção possa acontecer", uma vez que não foram testadas. Tudo porque, avança o Jornal de Notícias, grande parte das empresas que vende máscaras reutilizáveis nunca pediu certificação ao Citeve, único centro com protocolo com o Infarmed e a DGS para certificar a qualidade destes equipamentos de proteção individual. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais