Coronavírus-19: Suspensa atividade nos tribunais de Lousada e Felgueiras

Lusa 09 de março de 2020
As mais lidas

A decisão "durará até que seja levantada pelas autoridades de saúde a medida de encerramento das instituições públicas" nos concelhos.

A Direção-Geral da Administração da Justiça (DGAJ) determinou, esta segunda-feira, a suspensão da atividade das secretarias dos tribunais de Lousada e de Felgueiras, devido ao surto de coronavírus que afeta estes dois concelhos do distrito do Porto.

justiça
justiça Direitos Reservados

"Determino a suspensão da atividade das secretarias dos núcleos de Lousada (juízo de execução, juízo local cível, juízo local criminal, unidade central e serviços do Ministério Público) e de Felgueiras (juízo local cível, juízo local criminal, unidade central e serviços do Ministério Público) do Tribunal Judicial da Comarca do Porto Este", refere um despacho da DGAJ.

A decisão, publicada na página na internet da DGAJ, "durará até que seja levantada pelas autoridades de saúde a medida de encerramento das instituições públicas naqueles concelhos".

O despacho, assinado pela diretora-geral da DGAJ, Isabel Matos Namora, explica que nos últimos dias tem-se "verificado um aumento significativo do número de casos confirmados de infetados pelo Covid-19 em Portugal", acrescentando que "nos concelhos de Felgueiras e Lousada se concentram um número elevado de casos de infeção".

Esta situação, refere o despacho, levou a Direção-Geral da Saúde "a adotar medidas extraordinárias, designadamente o encerramento de todas as escolas e instituições, como ginásios, piscinas ou cinemas, além de desaconselhar deslocações desnecessárias e a participação em reuniões com elevado número de pessoas a quem resida nestes concelhos".

Nesse sentido, a DGAJ recorda "que os tribunais são espaços com grande afluência de público, nos quais se realizam diligências que implicam a participação de um elevado número de pessoas em espaço fechado", razão pela qual determinou a suspensão da atividade nos tribunais destes dois concelhos.

O despacho ordena também que "sejam identificados os funcionários necessários para, durante esse período [de suspensão], garantir o cumprimento do serviço urgente (...) ou outro considerado necessário pelos órgãos de gestão da comarca".

Além disso, a DGAJ determina "a identificação do número de computadores necessários para que possa ser assegurado o trabalho à distância", sublinhando que "providenciará pela disponibilização dos equipamentos e pelos pedidos de acesso remoto junto do Instituto de Gestão Financeira e de Equipamentos da Justiça".

Em Portugal há 39 pessoas com Covid-19, mais nove do que no domingo. A maioria dos casos está na região Norte, "foco mais ativo" da infeção e que está ligado a um doente proveniente de Itália, país fora da China, onde começou a epidemia, mais afetado.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 3.800 mortos.

Cerca de 110 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, mas mais de 62 mil já recuperaram.

A Itália tornou-se no país mais afetado fora da China, com 463 mortos e mais de 7.900 contaminados, estando cerca de 16 milhões de pessoas em quarentena no Norte do país.

O novo coronavírus é uma família de vírus que pode provocar infeções respiratórias, como pneumonia.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais