Como Lisboa e Vale do Tejo se tornou o epicentro de Covid-19 em Portugal?

Como Lisboa e Vale do Tejo se tornou o epicentro de Covid-19 em Portugal?
Diogo Camilo 28 de maio de 2020

O último dia em que o resto do país teve mais novos casos que Lisboa e Vale do Tejo foi a 10 de maio. Seis concelhos da região mais do que duplicaram os casos neste mês e o pico da Covid-19 pode só chegar em meados de junho. Veja os gráficos interativos com a evolução da Covid-19 em Lisboa e Vale do Tejo.

Depois de dois meses em que Portugal assistiu a um grande crescimento de casos de Covid-19 no Norte e Centro de Portugal, o epicentro do novo coronavírus mudou e é agora a região de Lisboa e Vale do Tejo. Desde o dia 10 de maio que esta zona do país regista mais casos que qualquer outra do país e especialistas apontam que o pico possa ser atingido apenas na terceira semana de junho. Veja como evoluiu a pandemia nos concelhos de Lisboa e arredores.

Até ao final de março, o concelho com mais casos do novo coronavírus era Lisboa, mas a lista de concelhos com mais infetados era dominada por concelhos do Norte: Porto, Vila Nova de Gaia, Maia, Matosinhos, Gondomar, Braga e Valongo registavam, todos eles, mais de 200 casos de Covid-19 numa altura em que o país tinha cerca de 7 mil infetados.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais