Benfica deu emprego no Museu Cosme Damião a sobrinho de funcionário judicial

Benfica deu emprego no Museu Cosme Damião a sobrinho de funcionário judicial
Carlos Rodrigues Lima 06 de março de 2018

Fernando Rocha, sobrinho do técnico do Instituto de Justiça José Silva, detido na "Operação E-toupeira" foi contratado pelo Benfica. Investigação diz ter sido uma contrapartida para a recolha de informação nos processos

Um sobrinho do técnico do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ) José Silva, detido esta terça-feira pela Polícia Judiciária, foi contratado pelo Benfica para trabalhar no Museu Cosme Damião. De acordo com informações recolhidas pela SÁBADO, a investigação considera que a contratação  de Fernando Rocha foi uma das contrapartidas dadas por Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD, ao técnico do IGFEJ para a recolha de informações nos processos judiciais a que este tinha acesso como elemento do Núcleo de Arquitectura de Sistemas de Informação para a área dos tribunais.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais