Adolfo Mesquita Nunes abandona a vice-presidência do CDS

Cátia Andrea Costa 18 de março de 2019

Ao assumir cargo de administrador não-executivo da Galp, Mesquita Nunes decide apostar na "carreira profissional". Assunção Cristas define a saída como uma "perda", mas assegura compreender a decisão.

Uma das estrelas do CDS, Adolfo Mesquita Nunes decidiu abandonar o cargo de vice-presidente dos centristas, optando por se dedicar em exclusivo à carreira profissional. O político vai assumir o cargo de administrador não-executivo da Galp, opção que está na origem desta decisão.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais