Tribunal pede prisão imediata para antigo tesoureiro do PP espanhol

Diogo Camilo com Leonor Riso 28 de maio de 2018

Luís Bárcenas foi condenado a mais de 33 anos de prisão e uma multa de 44 milhões de euros por delitos fiscais e branqueamento de capitais.

Um juiz pediu esta segunda-feira a prisão imediata, sem fiança, para Luis Bárcenas, antigo tesoureiro do partido espanhol PP. O Supremo Tribunal de Justiça tinha condenado, na passada quinta-feira, Bárcenas a 33 anos e quatro meses de prisão e ao pagamento de uma multa que ultrapassa os 44 milhões de euros por delitos fiscais e branqueamento de capitais no âmbito do caso Gürtel.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais