Suspeito de tiroteio nos EUA comprou arma legalmente

Suspeito de tiroteio nos EUA comprou arma legalmente
Leonor Riso 05 de julho

Robert E. Crimo III disparou mais de 70 balas contra a multidão e disfarçou-se de mulher para se misturar na multidão que fugia, após o ataque.

O suspeito detido pelo tiroteio em Chicago em que seis pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas comprou a sua arma automática de forma legal. Durante o desfile do 4 de Julho, disparou mais de 70 balas a partir de um telhado, tendo-se disfarçado de mulher para se misturar na multidão que fugia após o ataque.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais