O que pode acontecer em Itália - e porque nos afecta

O que pode acontecer em Itália - e porque nos afecta
Leonor Riso 05 de dezembro de 2016

Matteo Renzi demitiu-se depois da vitória esmagadora do "Não" na consulta popular a uma reforma constitucional. País teve 63 governos em 67 anos

Depois de um referendo, Itália acordou com um primeiro-ministro demissionário. A consulta popular a uma reforma no Senado, que visava reduzir o poder desta câmara parlamentar, tornou-se uma avaliação a Matteo Renzi – no poder há dois anos e meio – que pedia o "Sim" a estas medidas.

A vitória esmagadora do "Não" com quase 60% dos votos passou a decisão sobre o futuro de Itália, que teve 63 governos em 67 anos, cabe ao presidente da República Sergio Mattarella. Os partidos que quiseram o "Não", como a Lega Nord ou o Movimento 5 Stelle, já clamam por eleições. Mas que pode fazer Mattarella?

Pode pedir a Matteo Renzi para voltar ao Parlamento e procurar uma moção de confiança, para entender se ainda tem o apoio dos partidos que apoiavam o seu governo.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais