Guardas prisionais que falharam na vigia a Epstein acusados de falsificação

Guardas prisionais que falharam na vigia a Epstein acusados de falsificação
Leonor Riso 19 de novembro de 2019

Arguidos "falharam repetidamente na realização de vistorias aos reclusos, e mentiram em formulários oficiais para esconder as suas infrações", alega procurador.

Dois guardas prisionais em funções na noite em que Jeffrey Epstein morreu foram acusados de falsificação de documentos governamentais.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais