Erupção de vulcão na Nova Zelândia era "acidente à espera de acontecer"

Erupção de vulcão na Nova Zelândia era 'acidente à espera de acontecer'
Mariana Branco 09 de dezembro de 2019

Pelo menos cinco pessoas morreram e várias ficaram feridas na sequência da erupção do vulcão White Island. Por haver ainda várias pessoas desaparecidas o número de mortos pode aumentar.

O vulcão Whakaari, ou White Island, entrou esta segunda-feira em erupção numa ilha da costa da Nova Zelândia. Pelo menos cinco pessoas morreram e várias ficaram feridas – havendo ainda pessoas desaparecidas que podem levar a um aumento do número de mortos. Era "um acidente à espera de acontecer há muitos anos", garante Ray Cas, professor emérito da Universidade de Monash, na Austrália.

"Após visitá-lo duas vezes, sempre achei que era muito perigoso permitir aos grupos diários de turismo que visitassem o vulcão desabitado da ilha de barco e helicóptero", afirmou o especialista, citado pela SBS News, rádio e televisão neozelandesa.

Derek Wyman, geocientista na Universidade de Sydney, diz não perceber como é que é permitido aos turistas chegarem tão perto do vulcão: "Eu não recomendaria aos turistas que se aproximassem a um local que tem recentemente expelido material até 30 metros para o ar".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais