Nova Zelândia: Vulcão matou guia turístico. Turistas escaparam por minutos

Nova Zelândia: Vulcão matou guia turístico. Turistas escaparam por minutos
Mariana Branco 09 de dezembro de 2019

O vulcão Whakaari entrou em erupção e matou pelo menos cinco pessoas. A primeira vítima confirmada é um guia turístico, descrito como "um jovem com muita energia que perdeu a vida".

O vulcão Whakaari, que entrou esta segunda-feira em erupção numa ilha da costa da Nova Zelândia, matou pelo menos cinco pessoas. A primeira vítima confirmada é um guia turístico, descrito pelo antigo presidente da câmara de Whakatane, Tony Boone, como "um jovem com muita energia que perdeu a vida".

Várias das pessoas que ficaram feridas na sequência da erupção foram transportadas de barco para fora da ilha mas muitas continuam desparecidas. A polícia neozelandesa "não acredita" que haja mais sobreviventes da erupção do vulcão - um dos mais ativos do país e cujo nome, em maori, significa "o vulcão dramático".

"Não há sinais de vida [na ilha] neste momento. Baseado na informação que temos, não acreditamos que haja sobreviventes na ilha", assegurou a polícia da Nova Zelândia. "Estamos a trabalhar para confirmar com exatidão o número de mortos".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais