Director da CIA encontrou-se com Kim Jong-un

O futuro secretário de Estado norte-americano reuniu-se com o líder norte-coreano. Para os EUA, foi um contacto "ao mais alto nível".

Donald Trump
Donald Trump, presidente dos EUA
Donald Trump
Donald Trump, presidente dos EUA

Os Estados Unidos consideram que tiveram um contacto "ao mais alto nível" com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un. No fim de semana da Páscoa, o director dos serviços secretos norte-americanos (CIA) e futuro secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, visitou o chefe norte-coreano em Pyongyang, avança o Washington Post.

"Em relação às conversações com Kim Jong-un: o Presidente [Trump] disse que a administração tinha mantido contactos ao mais alto nível e acrescentou que não tinham sido directamente com ele", afirmou a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders.

O esclarecimento da Casa Branca surge depois de Trump, ao ser questionado sobre se tinha estado em contacto directo com Kim Jong-un, ter respondido: "Sim".

A partir da sua luxuosa propriedade de Mar-a-Lago, na Florida, onde recebeu o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, Trump mostrou-se optimista em relação aos preparativos para a cimeira histórica com Kim Jong-un, "provavelmente no início de junho".

"Chegou a hora de falar, de resolver os problemas", sublinhou Trump. "Há uma verdadeira possibilidade de resolver um problema mundial. Este não é um problema dos Estados Unidos, do Japão ou de outro país, é um problema do mundo", reiterou.

Questionado sobre a possibilidade do encontro se realizar nos Estados Unidos, Trump respondeu que "não", sem mais pormenores.

A cimeira de 27 de Abril próximo deverá realizar-se uma cimeira entre o líder norte-coreano e o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in. O encontro vai ser o terceiro entre a liderança dos dois países vizinhos, e vai decorrer na parte sul-coreana da zona desmilitarizada, em Panmunjom.

Nesta aldeia fronteiriça, situada na zona desmilitarizada que divide a península coreana, foi assinado o armistício da Guerra da Coreia (1950-53). Seul e Pyongyang continuam, tecnicamente, em guerra, uma vez que o armistício nunca foi substituído por um tratado de paz.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais