Desemprego a duplicar e descida de 8% do PIB: as previsões do FMI para Portugal

Jornal de Negócios 14 de abril de 2020

O PIB de Portugal deverá encolher 8% em 2020 para depois crescer 5% em 2021 e recuperar parcialmente da recessão deste ano, projeta o Fundo Monetário Internacional. Já a taxa de desemprego deverá mais do que duplicar dos 6,5% com que encerrou 2019 para 13,9% no final do ano em curso.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) tomou a dianteira como uma das instituição a estimar um cenário mais gravoso para a economia portuguesa em 2020.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais