CGD pagou dividendos de 2,7 mil ME ao Estado em 10 anos

Cátia Andrea Costa 06 de dezembro de 2016

A revelação foi feita pelo antigo ministro das Finanças Guilherme d’Oliveira Martins, que explicou que o valor é superior aos aumentos de capital feitos durante o período de 1998 a 2008

O antigo ministro das Finanças Guilherme d’Oliveira Martins revelou, esta terça-feira, que o banco público pagou ao accionista 2,7 mil milhões de euros em dividendos entre 1998 e 2008 – um valor maior do que os aumentos de capital feitos durante esses dez anos.

 

"De 1998 a 2008 a Caixa Geral de Depósitos pagou em dividendos ao Estado 2,7 mil milhões de euros. Um valor acima dos aumentos de capitais realizados no mesmo período", afirmou o responsável, ouvido na comissão de inquérito parlamentar ao banco estatal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais