Carlos Pimenta: Sistema eléctrico não fez um mau negócio no acordo com produtores eólicos

20 de julho de 2018

Ex-secretário de Estado do Ambiente protagonizou hoje aquela que foi, até ao momento, a audição mais longa da comissão de inquérito parlamentar às rendas da energia.

O ex-secretário de Estado do Ambiente Carlos Pimenta defendeu hoje que "o sistema eléctrico não fez um mau negócio" no acordo com os produtores eólicos feito pelo governo de Passos Coelho, considerando que foi retirada incerteza.

Carlos Pimenta protagonizou hoje aquela que foi, até ao momento, a audição mais longa da comissão de inquérito parlamentar às rendas da energia, que durou quase seis horas, e durante a qual reiterou por diversas vezes que não há rendas excessivas na produção eólica.

"Nas minhas contas, [com esse acordo] o sistema eléctrico não fez um mau negócio. Mas também lhe digo com sinceridade: eu e o senhor deputado só daqui a 10 anos é que saberemos quem é que tinha razão. Antes disso não sabemos", disse, em resposta ao deputado do Bloco de Esquerda (BE) Jorge Costa, apresentando a sua "análise probabilística".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais