Banco de Portugal diz a deputados o que podem (e não podem) divulgar

BdP diz a deputados o que podem (e não podem) divulgar
Bruno Faria Lopes 28 de maio de 2019

Supervisor enviou num documento separado instruções sobre aquilo que pode ser divulgado sobre a lista de devedores à banca. Deputado do PSD acusa supervisor de "violar a lei".

Não é claro aquilo que os deputados vão fazer à informação sobre grandes devedores e operações na origem das perdas avultadas dos bancos – perdas que levaram os contribuintes a injetarem mais de 23.800 milhões de euros à banca entre 2007 e 2018. Mas é claro aquilo que o Banco de Portugal quer dos deputados: sigilo sobre o anexo onde constam estas operações.

Caixa, BES e BPN valem dois terços do dinheiro injetado nos bancos

Os contribuintes portugueses prestaram apoios de 24.650 milhões de euros aos bancos desde 2007, revelou hoje o Banco de Portugal na primeira parte do relatório sobre apoios do Estado à banca. Três instituições, financiadas direta e indiretamente pelo Estado, concentram cerca de dois terços do valor global: a Caixa Geral de Depósitos, o Novo Banco (ex- BES) e o pequeno BPN.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais