Desviados mais de 15 milhões de euros da formação do Benfica

Desviados mais de 15 milhões de euros da formação do Benfica
SÁBADO 26 de novembro de 2021
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 18 a 24 de agosto
As mais lidas

Quando a prospeção das "águias" encontrava um jovem com qualidade, o ex-presidente Luís Filipe Vieira era informado e Miguel Pinho, agente de Bruno Fernandes, passava a agenciar o talento. Dias depois de tomar posse como presidente do clube, Rui Costa recebeu uma fatura de dois milhões de euros.

Nos últimos três anos foram desviados mais de 15 milhões de euros da formação do Benfica, num esquema urdido entre o ex-presidente, Luís Filipe Vieira, e alguns empresários, com destaque para Miguel Pinho, o agente de Bruno Fernandes. O arranjo passava, no essencial, pelo seguinte: quando a prospeção dos encarnados detetava um jovem com qualidade, o presidente era informado. Passados poucos dias, o empresário Miguel Pinho abordava os pais do jovem, convencia-os a assinarem um contrato e, a seguir, vendia o atleta ao Benfica.

Leia mais no Correio da Manhã.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Investigação
Opinião Ver mais