Covid-19

Vale a pena ter um oxímetro em casa?

Vale a pena ter um oxímetro em casa?
Lucília Galha 03 de março

Pode ser útil se estiver infetado com covid-19, não antes. Contudo, não se fie só neste aparelho. Razão: pode ter uma pneumonia e os seus níveis de oxigénio estarem normais.

A procura acompanha a epidemiologia da doença, que é o mesmo que dizer que, quando em janeiro, os casos de covid-19 dispararam, também os oxímetros praticamente desapareceram das farmácias. "No final do mês de fevereiro, com o abrandamento dos números, já se notou uma quebra", diz à SÁBADO a farmacêutica Ema Paulino.

Além da própria pandemia, também a Organização Mundial de Saúde encorajou a sua utilização quando, no final de janeiro, aconselhou os infetados com covid-19 que não precisam de ser hospitalizados a terem acesso a um oxímetro "para que se possa identificar se alguma coisa está a correr mal".  

Mas, será que estes dispositivos são fiáveis? Como devem ser usados? A SÁBADO falou com uma especialista em medicina geral e familiar e uma farmacêutica para perceber em que circunstâncias vale a pena comprar e como deve interpretar os resultados. Ressalva: não pode sobrevalorizar estes valores, mas também não os deve desvalorizar. Confuso? Já explicamos tudo.    

O que é?

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais