Covid-19. Pfizer e BioNTech vão produzir até 3 mil milhões de vacinas até ao final de 2021

Covid-19. Pfizer e BioNTech vão produzir até 3 mil milhões de vacinas até ao final de 2021
Diogo Camilo 04 de maio
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 13 a 19 de maio
As mais lidas

Co-fundador da BioNTech avança ainda que está a ser preparada uma nova versão da vacina contra a covid-19, capaz de ser conservada durante 6 meses a temperaturas entre os 2° e 8°C.

A Pfizer e BioNTech vão produzir até 3 mil milhões de doses da vacina contra a covid-19 até ao final do ano, uma previsão acima das 2,5 mil milhões de doses conjeturadas para 2021.

Vacina Pfizer covid-19
Vacina Pfizer covid-19 Lusa

"As nossas equipas fizeram um trabalho fenomenal ao aumentarem a escala de produção e a chegarem a números de 3 mil milhões de doses", afirmou esta terça-feira o cofundador e CEO da BioNTech, Ugur Sahin, numa webconferência organizada pelo Financial Times.

"Estamos felizes por não passar por muitos problemas técnicos e cumprir o nosso calendário de distribuição", acrescentou.

Sahin avançou também que a empresa alemã está a trabalhar na aprovação de uma nova versão da sua vacina da covid-19 que pode ser armazenada em frigoríficos entre 2° e 8°C por 6 meses.

"A nossa primeira formula tinha de ser armazenada e distribuída a 80 graus negativos. Temos agora uma, que ainda não foi aprovada, que pode ser armazenada entre os dois e oito graus", indicou na mesma conferência, acrescentando que os dados estão a ser preparados para análise de reguladores.

"Vamos provavelmente chegar aos seis meses de estabilização a esta temperatura de dois a oito graus", afirmou o responsável da BioNTech.

Até ao momento, a empresa de biotecnologia e a farmacêutica já venderam mais de 1,4 mil milhões de doses de vacina.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Investigação
Opinião Ver mais