Terá o Papa dito que o Inferno não existe?

C.A.C. 29 de março de 2018

Eugenio Scalfari foi recebido numa audiência privada pelo líder da Igreja Católica e as citações atribuídas a Francisco estão a causar polémica.

"O Inferno não existe, o que existe é o desaparecimento das almas pecadoras". Esta frase foi atribuída ao Papa Francisco na edição desta quinta-feira do jornal La Repubblica. A mesma teria sido proferida pelo líder da Igreja Católica durante uma entrevista a Eugenio Scalfari, fundador e ex-editor do jornal romano.

Mas a Igreja Católica desmente completamente a veracidade das declarações atribuídas a Francisco e garante que não foi dada nenhuma entrevista a Scalfari. O antigo jornalista, de 93 anos e ateu, terá sido recebido num encontro privado antes da Páscoa, sendo que esta não foi a sua primeira audiência com o Sumo Pontífice. 

"Tudo o que é referido pelo autor do artigo de hoje [quinta-feira] é fruto da sua reconstrução, em que não surgem citadas as palavras textuais pronunciadas pelo Papa. Nem uma vírgula do referido artigo deve ser considerado como uma fiel transcrição das palavras do Santo Padre", escreveu o gabinete de comunicação da Santa Sé em comunicado. 

Scalfari publica sempre as suas entrevistas baseadas na memória das mesmas, uma vez que não utiliza gravadores ou tira apontamentos durante as conversas. 



Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais