Sonder: A agência que faz publicidade com "pessoas reais"

Esta agência faz publicidade com 'pessoas reais'
Lucília Galha 09 de junho de 2018

Aos 19 anos, Frederico Canto e Castro criou uma agência de modelos pouco convencional: no portefólio tem travestis, reformados e até um antigo sem-abrigo

É uma coisa que lhe acontece praticamente todos os dias: encontrar alguém na rua que podia fazer parte da sua agência. Manuel, 62 anos, foi uma dessas pessoas. Aquele homem de olhos azuis e com barba e cabelo compridos chamou-lhe a atenção. Abordou-o. "Desculpe, o senhor fala português", perguntou-lhe Frederico Canto e Castro. E depois continuou: "Tem um ar que se encaixa em publicidade." Manuel olhou para ele com um ar desconfiado mas achou graça à ideia. Aquela abordagem era completamente inesperada: não só porque tem apenas 1,63 metros e pesa 82 quilos, como pela situação em que se encontrava. Naquela altura, em Agosto de 2013, Manuel vivia numa instituição que dá apoio a sem-abrigo. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais