"Quando entrei nos Morangos com Açúcar não sabia o que queria"

'Quando entrei nos Morangos com Açúcar não sabia o que queria'
Markus Almeida 21 de agosto de 2019

Prefere as pretas às loiras mas nesta entrevista provou uma cerveja com sabor a coco que lhe trocou as voltas. Exilou-se dois anos dos ecrãs, mas isso está prestes a terminar. Diz que tudo tem um timing. Uma cerveja com Mariana Monteiro

Estás afastada da televisão desde 2017 mas esta entrevista não foi fácil de combinar. O que é que te tem mantido ocupada?
Ando em gravações porque vou voltar à televisão em breve. Infelizmente isto é tudo o que posso dizer por agora...

E porque é que te afastaste?
Porque comecei com 16 anos e nunca tinha feito uma pausa. Até aos 28, não conhecia outro dia a dia que não fosse acordar e ir para um estúdio.

O que fizeste nesta pausa?
No primeiro ano descansei, fiz um reset e concretizei planos adiados de há anos, como certas viagens. No segundo aproveitei para fazer formações, dentro e fora do País. Também fiz uma curta-metragem, desenvolvi uma peça de teatro e lancei o meu segundo livro infantil sobre a igualdade de género, Mariana no Caminho da Igualdade. É um livro com uma peça de teatro associada para as escolas, com o intuito de educar as crianças para uma mentalidade sem preconceitos e a quebrar estereótipos de género.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais