"Não é aceitável animais abandonados num país europeu que se quer desenvolvido"

'Não é aceitável animais abandonados num país europeu que se quer desenvolvido'
Vanda Marques 22 de agosto de 2019

Os ataques, as doenças que podem transmitir e até os acidentes que podem causar na estrada tornam esta questão urgente. O Bastonário da Ordem dos Veterinários, Jorge Cid, sublinha à SÁBADO que tem de reforçar os meios dos centros de recolhe de animais


Para o bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, era expectável que, com o aumento de cães abandonados, houvesse um aumento de ataques. À SÁBADO, o bastonário explica que "cães abandonados e com dificuldade em encontrar alimento formam matilhas. É expectável que, em zonas mais despovoadas, onde não são os cães que convivem muito com pessoas, que os ataques aumentem."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais