Invasão da vespa asiática não é controlável. Só escapam Baixo Alentejo e Algarve

Susana Lúcio , Vanda Marques 27 de outubro de 2021

A espécie exótica predadora de abelhas invadiu o Norte e o Centro do País e já chegou ao distrito de Lisboa. Desde 2015, foram destruídos 66.028 ninhos.

O combate à invasão das vespas asiáticas está longe de terminar e parece ser uma luta inglória. Desde 2011, quando foi detetada pela primeira vez em Portugal, os insetos que se alimentam das abelhas e afetam a agricultura invadiram todo o Norte e Centro do País. E fizeram-no apesar de um plano de ação de vigilância e controlo quem já permitiu a destruição de 66.028 ninhos de vespas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais