OE2022: Partidos entregaram mais de 1.300 propostas de alteração

Lusa 13 de maio
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 19 a 25 de maio
As mais lidas

Segundo a página do parlamento, o maior partido da oposição, o PSD, entregou 148 propostas de alteração, enquanto o ex-parceiro da 'geringonça' Bloco de Esquerda apresentou 132 propostas.

Os partidos com assento parlamentar entregaram até esta sexta-feira, data em que termina o prazo, mais de 1.300 propostas de alteração à proposta de lei do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), abaixo do recorde registado no orçamento anterior.

Pedro Catarino/Cofina
De acordo com a página da Assembleia da República na internet, até às 19h00 de hoje foram entregues no total 1.373 propostas de alteração, aquém das mais de 1.500 propostas entregues no âmbito do Orçamento do Estado para 2021.

O PCP é o partido que apresentou o maior número de propostas este ano: 339 propostas de alteração.

Segue-se o Chega, que entregou 284 propostas de alteração, e o PAN, com 224 propostas apresentadas.

Segundo a página do parlamento, o maior partido da oposição, o PSD, entregou 148 propostas de alteração, enquanto o ex-parceiro da 'geringonça' Bloco de Esquerda apresentou 132 propostas.

Deram ainda entrada nos serviços do parlamento 123 propostas da Iniciativa Liberal e 81 propostas do Livre.

Por sua vez, o PS entregou 49 propostas de alteração à proposta orçamental.

A proposta de OE2022 foi aprovada na generalidade, em 29 de abril, na Assembleia da República, apenas com os votos a favor do PS e abstenções dos deputados únicos do PAN e do Livre.

O diploma foi aprovado pelos 120 deputados do PS, que tem maioria absoluta dos 230 lugares no parlamento, e teve as abstenções dos deputados únicos do PAN, Inês Sousa Real, e do Livre, Rui Tavares.

A discussão do documento na especialidade em plenário arranca em 23 de maio, estendendo-se por toda a semana -- com debate de manhã e votações à tarde, como habitualmente.

A votação final global do documento terá lugar em 27 de maio.
Artigos Relacionados