Supervisora de "Rust" avança com processo contra Alec Baldwin e outros produtores

Quase um mês após o incidente que vitimou a diretora de fotografia do filme Halyna Hutchins, Alec Baldwin é alvo de mais um processo por parte da supervisora do guião do filme, Mamie Mitchell, que acusou o ator de "jogar à roleta russa".

O ator Alec Baldwin e outros produtores do filme Rust enfrentam um novo processo devido à morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, ocorrida durante a rodagem no Novo México, em outubro. 

A script supervisor (supervisora do guião) do filme, Mamie Mitchell, avançou com um processo na quarta-feira, 17 de novembro, em que alega que o guião não pedia ao ator para disparar o tiro que matou a directora de fotografia Halyna Hutchins e que feriu o realizador Joel Souza.

"Alec Baldwin, intencionalmente, sem uma justa causa ou desculpa, engatilhou e disparou a arma carregada, embora a próxima cena a ser filmada não exigisse o engatilhar e disparar da arma", garante Mamie Mitchell na queixa. Alec Baldwin estava a ensaiar quando se deu o disparo fatal para Halyna Hutchins. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui