Lisboa, um nó que a direita ainda não desatou
18 de fevereiroMargarida Davim

Lisboa, um nó que a direita ainda não desatou

Recusas, hesitações, cortes de relações. Já houve de tudo na procura de um adversário para Fernando Medina. Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos têm um problema difícil para resolver e poucas soluções em cima da mesa, numa altura em que as estruturas locais de PSD e CDS já estão à beira de um ataque de nervos.

Vacinação e propaganda

Quase um ano depois do primeiro confinamento, Portugal e o mundo continuam a enfrentar a maior crise sanitária do nosso tempo e essa é a magnitude do problema, que exige respostas pouco compatíveis com mera propaganda.

4
CDS: A teoria do cavalo de Tróia no Conselho Nacional
09 de fevereiroMargarida Davim

CDS: A teoria do cavalo de Tróia no Conselho Nacional

No rescaldo do Conselho Nacional, os próximos de Francisco Rodrigues dos Santos ainda analisam o que se passou na reunião em que Adolfo Mesquita Nunes desafiou o líder. No puzzle de factos e protagonistas, há quem veja uma tentativa de golpe encabeçada pelo Conselho de Jurisdição Nacional.

Chicão ganhou. E agora?
07 de fevereiroMargarida Davim

Chicão ganhou. E agora?

Houve psicodrama jurídico-estatutário, ataques de facção, portas escancaradas aos jornalistas e uma crise de identidade que não deve acabar já no CDS.

CDS: Conselho Nacional em clima de guerra total
06 de fevereiroMargarida Davim

CDS: Conselho Nacional em clima de guerra total

O Conselho Nacional do CDS arranca em clima de guerra total. Mas, para já, debatem-se questões jurídicas e não políticas. E Adolfo mudou de estratégia.

6
Adolfo, gay, católico e quase candidato ao CDS
04 de fevereiroMargarida Davim

Adolfo, gay, católico e quase candidato ao CDS

É administrador da Galp, mas não tem Galp Frota. Publicou contos, mas sob pseudónimo. É um leitor ávido, mas adora a Eurovisão e a cor amarela. Tem um pé fora da política, mas galgou o aparelho.

Histórias de chicos-espertos
02 de fevereiroMarco Alves

Histórias de chicos-espertos

O caso das vacinas vem juntar-se ao do chef da NASA, do consultor da ONU, do especialista do Vaticano, do licenciado num ano, do golpe da caneta, da Diana desaparecida, ou do político que comprou os seus próprios livros. É o chico-espertismo à portuguesa.

As fuças da direita

Paulo Portas recordou que sempre teve a preocupação de não deixar aparecer nada à direita do CDS. Só não disse que era ele essa direita: securitária, católica e contra o rendimento mínimo

CDS: A “golpada” e a frente de resistência
29 de janeiroMargarida Davim

CDS: A “golpada” e a frente de resistência

CDS vai ter Conselho Nacional. Decisão foi tomada em noite longa, em que os próximos do líder analisaram o assalto ao poder e garantiram que não sairão sem dar luta.

Bem-aventurados os que...

Habituada a catequizar o resto do País, a bolha político-mediática de Lisboa sente-se agora ameaçada pelos trauliteiros militantes do Chega. Querem travar André Ventura? Fácil: antecipem as Legislativas de 2023 antes que seja tarde de mais.

Marcelo, foi assim que tudo aconteceu
28 de janeiroJoão Pereira Coutinho

Marcelo, foi assim que tudo aconteceu

O segundo mandato do Presidente da República em dois takes alternativos, vistos a partir de 2026, por João Pereira Coutinho. Inspirador ou falhado?

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)