Suspeita da fuga no exame já foi notificada pelo tribunal

Suspeita da fuga no exame já foi notificada pelo tribunal
Diogo Barreto 22 de dezembro de 2017

A professora arrisca-se a ser expulsa do ensino caso se comprove que passou informação confidencial sobre o exame de Português aos alunos.


A presidente da Associação de Professores de Português (APP), Edviges Ferreira, já recebeu a notificação do processo disciplinar que lhe foi instaurado por suspeita de ter sido a origem da fuga de informação no exame nacional de Português do 12º ano. Esta fuga permitiu a um número ainda indeterminado de alunos saber antecipadamente parte do conteúdo que ia sair na prova final.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais