Sindicato do MP acusa Governo de abrir a porta para intromissão na Justiça

Sindicato do MP acusa Governo de abrir a porta para intromissão na Justiça
Diogo Barreto 13 de agosto de 2020

Sindicato dos Magistrados está insatisfeito por o Governo ter poder de escolha sobre o procurador que irá representar Portugal na Procuradoria Europeia.

O presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público considera que o Governo português está a abrir a porta à ingerência do poder Executivo na Justiça através da possibilidade de escolha do procurador que vai representar Portugal na Procuradoria Europeia. Caso foi bastante contestado por o Governo ter escolhido o procurador que ficou em segundo lugar na avaliação do júri internacional, em vez da primeira classificada, a procuradora Ana Carla Almeida.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais