Santana avisa que PSD se pode estar a aproximar do PS

Santana avisa que PSD se pode estar a aproximar do PS
Diogo Barreto 18 de abril de 2018

O ex-candidato diz que Rio está a fazer o que anunciou nas eleições, aproximar-se da esquerda. Montenegro diz que PSD pode acabar por ser visto apenas como uma muleta.



Pedro Santana Lopes, ex-candidato à liderança do PSD, declarou que existem claros sinais de uma aproximação política entre PSD e PS, enquanto PCP e Bloco de Esquerda mostrar reservas quanto ao Programa de Estabilidade defendido pelo Governo.

Para Santana Lopes "é manifesto que há algum mal-estar na frente de esquerda" e defende que este mal-estar coincide com a aproximação de Rui Rio ao Governo.

Apesar de "merece ser saudado sempre que os dois maiores partidos são capazes de se entender sobre matérias relevantes", Pedro Santana Lopes diz que teme pela preservação da identidade do Partido Social Democrata.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais