Portugal só tem quatro fiscais para mais de 3 mil quilómetros de ferrovia

Só existem quatro fiscais para mais de 3 mil quilómetros de ferrovia
SÁBADO 05 de agosto de 2020

IMT pede reforço dos meios humanos ao Governo desde 2014. Os quatro técnicos de fiscalização são responsáveis por 3244 quilómetros de extensão e 4441 composições - 811 km e 1100 comboios por cada fiscal.

A rede ferroviária portuguesa tem 3244 quilómetros de extensão e 4441 composições, mas o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) – que tem delegadas as funções de Autoridade Nacional de Segurança Ferroviária (ANSF) – tem apenas quatro técnicos afetos à fiscalização do setor. Um número claramente insuficiente: 811 km e 1100 comboios a cada fiscal. É que para lá da supervisão de todas as linhas e empresas, estes quatro técnicos têm ainda responsabilidades sobre metropolitanos, minicomboios, elétricos, funiculares, teleféricos e telesquis.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais