Piloto mercenário português capturado na Líbia não foi o primeiro

Carolina R. Rodrigues 07 de maio de 2019

Em 2016, outro piloto português tornou-se apoiante do governo de Tripoli e membro da milícia líbia. Acabou por morrer no país devido a uma queda de avião.

Jimmy Reis, de 29 anos, que estaria a combater na Líbia como mercenário ao serviço das forças que apoiam o governo, terá sido esta terça-feira capturado pelo autodenominado Exército Nacional da Líbia, que por sua vez apoia o general Khalifa Haftar, antigo aliado de Kadhafi que tentou recuperar o controlo do país este ano.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais