Pessoas em situação de sem-abrigo. Base de dados pendente por causa da proteção de dados

Pessoas sem-abrigo. Base de dados pendente por causa da proteção de dados
Rita Pereira Carvalho 21 de outubro de 2021

A tutela anunciou que a plataforma eletrónica para identificação de pessoas em situação de sem-abrigo estaria a funcionar em julho, mas a questão da proteção de dados ainda não está resolvida.

A plataforma eletrónica de levantamento e identificação de pessoas em situação de sem-abrigo deveria ter sido lançada em julho, tal como indicou a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, em maio deste ano. A base de dados está, no entanto, pendente por causa da lei da proteção de dados. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais