Operação de buscas à russa do Gazprombank

Operação de buscas à russa do Gazprombank
António José Vilela 27 de outubro de 2022

MP e PJ estiveram na casa de Lisboa de Yulia Sereda, ex-vice presidente do Gazprombank. Bloquearam-lhe ainda uma transferência de €800 mil e arrombaram-lhe um cofre pessoal no banco.

O Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e a Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ) estão a investigar Yulia Aleksandrovna Sereda, uma cidadã russa que em 2016 conseguiu em Portugal uma Autorização de Residência para a Atividade de Investimento (ARI). Na prática, trata-se de um visto gold conseguido, por exemplo, a troco de um investimento mínimo de €500 mil em imobiliário.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais