Vice do Chega! usa números confidenciais da Global Media para atacar Bloco

Vice do Chega! usa números confidenciais da Global Media para atacar Bloco
Bruno Faria Lopes 18 de junho

Nuno Afonso usou números internos do grupo dono do DN e JN para atacar "influência" do Bloco nos media. O irmão do presidente da Global é militante do Chega! e dois sócios são simpatizantes.

No fim do mês passado, o então vice-presidente do Chega!, Nuno Afonso, publicou no seu canal de YouTube um vídeo com o título "A Masmorra do Bloco". Em pouco mais de quatro minutos filmados na Assembleia da República, o dirigente partidário atirou à influência do Bloco de Esquerda (BE) nos media, em particular num grupo de media: a Global, dona do DN, JN e TSF.

O vídeo foi divulgado na véspera da audição parlamentar do novo dono e presidente do conselho de administração da Global, Marco Galinha, ser ouvido no Parlamento. Defendendo as decisões da administração contra o "bullying" do BE, Afonso citou vários números não públicos sobre o negócio da Global.

"O [Bloco] tem carradas de avençados nos grupos de comunicação social, incluindo na Global Media, e é por isso que estão preocupados [com a entrada de Marco Galinha]", afirmou. "O grupo Global Media despendia meio milhão de euros mensais em avenças, esse número foi reduzido por uma questão de investimento – é um grupo privado, quiseram fazer assim e conseguiram reduzir para 300 mil euros", juntou.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais