Dois novos sismos sentidos na ilha açoriana de São Miguel

Lusa 01 de junho de 2020
As mais lidas

Dois novos sismos foram sentidos hoje de manhã na ilha de São Miguel, nos Açores, ambos com magnitude superior a 2,0 na escala de Richter.

Dois novos sismos foram sentidos hoje de manhã na ilha de São Miguel, nos Açores, ambos com magnitude superior a 2,0 na escala de Richter.

Sismo xxx
Sismo xxx

Segundo um comunicado do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, que cita o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), um dos eventos foi registado às 09:31 locais (10:31 em Lisboa) e teve magnitude 2,5 na escala de Richter e epicentro a cerca de três quilómetros a sul/sudoeste da Povoação.

O sismo foi sentido com intensidade máxima III/IV na escala de Mercalli Modificada na Povoação, na em Ribeira Quente e Nossa Senhora dos Remédios, no concelho da Povoação.

O evento foi ainda sentido com intensidade III nas Furnas, no mesmo município.

Posteriormente, às 09:54 locais (10:54 em Lisboa) foi registado um novo sismo com magnitude 2,4 (Richter) e epicentro a cerca de quatro quilómetros a sul-suldoeste da Povoação.

O sismo foi sentido com intensidade máxima III/IV (escala de Mercalli Modificada) na Povoação e em Nossa Senhora dos Remédios.

De acordo com o CIVISA, o evento foi ainda sentido com as intensidades III na Ribeira Quente e no Faial da Terra e intensidade II/III nas Furnas.

Já ao inicio da manhã de hoje havia sido sentido em São Miguel um primeiro sismo com magnitude 4,8 na escala de Richter com epicentro a cerca de 19 quilómetros a este/nordeste das Formigas, um evento registado às 07:07 locais (08:07 em Lisboa).

Em declarações à agência Lusa, o presidente do Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), Rui Marques, explicou que estes dois novos sismos sentidos em São Miguel "não têm nada a ver com o primeiro em termos de localização", porque "estão em locais muito distintos".

"No entanto, a sua proximidade temporal e o seu alinhamento noroeste-sudeste, coincidente com um dos principais alinhamentos tectónicos de são Miguel, poderão indiciar que estes sismos estão relacionados", acrescentou, em declarações à Lusa.

O responsável frisou que se trata de "duas zonas sismogénicas tectonicamente ativas e que frequentemente apresentam atividade".

O primeiro sismo foi sentido "em quase toda a ilha" de São Miguel e os dois últimos "circunscritos ao concelho da Povoação", referiu ainda o presidente do CIVISA.

Contactada pela Lusa, a Proteção Civil dos Açores disse não haver registo de quaisquer ocorrências relacionadas com os sismos.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais