Depressão Miguel traz vento e chuva fortes

Lusa 05 de junho de 2019
As mais lidas

Depressão está centrada no arquipélago dos Açores e afecta continente na quinta-feira.

Portugal continental vai ser afectado por uma superfície frontal fria de actividade moderada a forte a partir de quinta-feira na sequência da depressão Miguel, indicou esta quarta-feira o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Chuva xxx
Chuva, xxx
Chuva, forte, xxx, nuvens
Chuva xxx
Chuva, xxx
Chuva, forte, xxx, nuvens
Em comunicado, o IPMA explica que a depressão Miguel está centrada a nordeste no arquipélago dos Açores e em deslocamento para leste-sueste, em direcção à Galiza.

"Associada a esta depressão, está uma superfície frontal fria de actividade moderada a forte, e que deverá aproximar-se do território do continente a partir da manhã de quinta-feira", adianta o IPMA.

Por isso, segundo o IPMA, está previsto para o continente a ocorrência de precipitação, em especial nas regiões Norte e Centro, e que poderá ser por vezes forte no Minho durante a tarde.

Está também previsto vento forte a partir da manhã nas regiões Norte e Centro, sendo de sul-sudoeste com rajadas até 80 quilómetros por hora e até 95 quilómetros por hora (km/hora) nas terras altas.

Durante a tarde, as rajadas de vento podem atingir valores da ordem de 95/100 km/h no Minho.

O IPMA destaca também que as zonas marítimas de responsabilidade nacional serão afectadas com vento e agitação marítima forte.

Os efeitos da depressão Miguel no continente vão fazer-se sentir a partir da manhã de quinta-feira.
Active a sua
Assinatura de Oferta
Para aceder sem limites , a todos os conteúdos do site, insira o Código Promocional disponível na edição desta semana da revista aqui , e não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara diariamente para si.
Boas leituras!
Opinião Ver mais