Da casa luxuosa aos insultos. A nova vida de Sócrates na Ericeira

Da casa luxuosa aos insultos. A nova vida de Sócrates na Ericeira
Alexandre R. Malhado 26 de setembro de 2019

O ex-primeiro-ministro vive numa casa do primo com quase 300 metros quadrados e anda num Mercedes novo do irmão da namorada. A SÁBADO foi conhecer as novas rotinas de Sócrates, numa vila onde já perdeu as estribeiras.

No dia 18 de setembro de 2019, o almoço de José Sócrates terá começado com um agressivo murro na mesa de madeira do restaurante Casa Portuguesa, onde é cliente habitual. "Quero que desliguem a música!", terá exigido aos empregados, aos berros. O antigo primeiro-ministro comia sozinho, fazendo-se acompanhar apenas por um livro e pelo prato de lagartinhos de porco preto que pedira. "Explicámos que o restaurante é pequeno e que temos ordens da gerência para manter um pouco do som ambiente por causa do barulho que vem da cozinha", descreveu uma funcionária à SÁBADO, que preferiu não ser identificada. O ex-governante insistiu e as empregadas cederam, "com medo" de mais reações.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais