Belém sob suspeita por contrato de €120 mil. Marcelo em silêncio

Belém sob suspeita por contrato de €120 mil. Marcelo em silêncio
Marco Alves 05 de agosto

Adjudicação à Fujitsu causou revolta a concorrente, que cobrava menos. Fujitsu reconhece à SÁBADO que reuniu com funcionários da Presidência antes de ser lançado o concurso público.

A Secretaria-Geral da Presidência da República (SGPR) foi acusada por uma empresa de ter beneficiado uma concorrente no fornecimento de uma solução informática ao escolher a que fornecia uma solução alegadamente pior por um preço mais elevado (€119.975 da Fujitsu em oposição aos €98.000 da Ambisig).

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais