Associações criticam missas pascais em escolas públicas

Associações criticam missas pascais em escolas públicas
Diogo Camilo 10 de abril de 2019

Ministério da Educação indica que a decisão “é gerida no quadro da autonomia de cada escola” . Constituição refere que escolas não podem impor qualquer orientação aos alunos.

Associações consideram a celebração de missas pascais durante o último dia de aulas do 2º período em várias escolas do norte de Portugal um atentado à Constituição. Ao Jornal de Notícias, o Ministério da Educação indica que a decisão "é gerida no quadro da autonomia de cada escola" e escolas defendem que são alunos, pais e professores a preparar estas atividades por respeito pela tradição.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais