Trump impõe novas sanções à Rússia pelo envenenamento de Skripal

Lusa 02 de agosto de 2019
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 6 a 12 de maio
As mais lidas

Antigo espião russo foi encontrado inanimado com a sua filha Yulia num banco público a 4 de março de 2018 em Inglaterra.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai impor novas sanções à Rússia relacionadas com o envenenamento em 2018 de um antigo espião russo e da sua filha, referiu a agência noticiosa AP.

Um deputado russo disse esta sexta-feira que a ordem executiva de Trump, emitida na quinta-feira, tornará ainda menos provável a normalização das relações entre os EUA e a Rússia, que atravessam um período de particular tensão.

O decreto da administração da Casa Branca proíbe as instituições financeiras globais de fornecerem empréstimos ou outro género de assistência à Rússia, e impede os bancos norte-americanos de concederam determinados empréstimos ao Governo russo.

Serguei Skripal, ex-coronel dos serviços de informações russos condenado por espionagem ao serviço do Reino Unido e de seguida envolvido numa troca com outros agentes duplos, foi encontrado inanimado com a sua filha Yulia num banco público a 4 de março de 2018 em Salisbury, sul de Inglaterra. As autoridades britânicas acusaram os serviços de informações russos (GRU) de tentarem envenená-lo com o poderoso agente tóxico Novichok.

Moscovo tem desmentido qualquer responsabilidade neste caso, que provocou uma grave crise diplomática entre os dois países.

Skripal e a filha recuperaram após um internamento hospitalar.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais